install theme

« Então, ele apareceu. Ele apareceu na minha vida de mansinho. Eu apareci na vida dele devagarinho. Nós aparecemos na vida um do outro, sem pedir nada, sem cobrar nada, sem dizer nada. Depois, as palavras. Elas, que me seduzem. Elas, que me envolvem. Elas, que me aproximam. Foram as palavras que me aproximaram dele. E foram elas que me conduziram até o amor da minha vida. Entre uma palavra e outra, uma inquietação. Entre uma inquietação e outra, a curiosidade. Entre uma curiosidade e outra, um medo. Será? Entre um será e outro, um relâmpago chamado coragem. Fui. Ele veio. Nós fomos. Daquele dia em diante, não ficamos um dia sequer sem nos falarmos, seja por telefone, e-mail, mensagem, telepatia. Entre uma conversa e outra, um sentimento. Entre um sentimento e outro, o amor e, com ele, a definição. Sim. Sim. Sins. »

- Clarissa Corrêa. (via florestrelas)

« Ela mora longe, porém vive sempre aqui, dentro de mim. »

- Lucas Albertini.    (via lettres-a-paris)

(Fonte: sombriador)

(Fonte: c-isnenegro)

« Apesar de tudo, eu nunca desisti, talvez tenha me ferido um pouco, acontece, a gente se decepciona, mas, veja bem, se parar pra perceber, mesmo ferido, eu estava lá, eu tinha que estar lá, não sei o porquê, talvez, por causa de tudo. »

- Orquestrando.     (via retaliador)

(Fonte: orquestrando)

« Me cale com um beijo, faça de ti meu almejo, sussurre em meus ouvidos com o calor de sua boca e me deixe mais apaixonado por ti. Teus lábios que são de um formato de coração com uma cor única que pertence só a ti me deixa desejar absurdos por teu beijo. Venha e me acalme com o sabor doce de sua boca, me deixe alucinado só de te olhar e me faça delirar até não cansar de te beijar. »

- Realinhado.  (via manuscrite)

(Fonte: realinhado)

(Fonte: expects)

(Fonte: grrog)